O jogo foi horrível e Pato estava perdido, diz Muricy

muricyAlexandre Pato não se encontrou no Parque do Sabiá na noite da última quarta-feira. O atacante, contratado para ser uma das estrelas do elenco do São Paulo, pouco tocou na bola durante os 45 minutos em que esteve em campo, foi substituído pelo jovem Boschilia e ouviu críticas do técnico Muricy Ramalho após o empate em 2 a 2 com o Atlético-PR.

- Saiu porque não era jogo para ele. Ele não se encontrou em nenhum momento. A bola quase não passou pelo meio. O moleque (Boschilia) entrou e, mesmo sem se destacar, se adaptou mais ao jogo, que era muito de combate - justificou o treinador em Uberlândia.

O camisa 11, no entanto, não foi o único alvo da insatisfação de Muricy Ramalho. O comandante são-paulino esbravejou contra a qualidade da partida contra o Furacão e disse ter sido uma benção um placar com quatro gols. Em nenhum momento, porém, o técnico falou sobre as opções que mandou a campo na partida válida pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro.

- Foi um jogo horrível. Não vi muita coisa desse Brasileiro, mas esse foi muito ruim. A bola não parava, era só balão. Foi um jogo que não interessou para a gente, só para o Atlético, que tinha velocidade. Não foi um jogo pensado e em nenhum momento conseguimos nos adaptar. A única coisa boa foram gols. Em um jogo ruim desse, sair quatro gols é algo que deve ser comemorado - criticou.

[Lance]


Compartilhe esta notícia nas redes sociais: