A mídia “esqueceu” de falar da belíssima festa das organizadas

Depois de uma temporada horrível, chegou o dia 3  de dezembro de 2017. Último jogo do SPFC em um Campeonato Brasileiro de pesadelo, sofrimento, humilhação e muitas piadinhas dos rivais por um possível rebaixamento do SPFC. Mas time gigante não cai e desta vez a virada pode ser colocada na conta da torcida são-paulina.

Enquanto uma torcida se diz “fiel” e comemora dois “Mundiais” tendo só uma Libertadores, a outra comemora um “Mundial” que ninguém nunca ouviu falar – nem a FIFA. E as duas têm algo em comum: abandonaram o time quando ele estava na Zona de Rebaixamento e partiram pra protestos e agressões. A torcida são-paulina, que comemora Mundiais (sem aspas!) de verdade, seguiu em 2017 o caminho oposto: apoiou o time mesmo nas piores horas.

Em agosto de 2017, no meio da fase mais crítica, o treino no Morumbi foi assim:

Nós levamos o SPFC nas costas nas piores horas, batemos recordes atrás de recordes de público e, na última partida do ano, o próprio clube decidiu retribuir fazendo o Dia da Torcida.

Além de ingresso a R$ 1,00, as cercanias do estádio ficaram cheias de Food Trucks, Tattoo Trucks e Store Trucks para atender aos são-paulinos. Dentro do estádio, as escolas de samba da Dragões da Real e da Independente deram um show desfilando antes da partida começar. Foi uma das festas mais lindas do ano, uma demonstração de amor ao clube que encantou diversos gringos, que estavam no estádio e inundaram blogs de torcedores da Europa exaltando a torcida tricolor.

E essa festa tão linda deve ter sido destaque em toda mídia, não é? Não, não saiu uma linha. Obviamente, se algum bêbado discutisse com um guardador de carros já sairia na mídia a manchete “Briga de torcida no último jogo do ano”. A própria diretoria do clube ficou tão impressionada que fez um curta-metragem sobre a torcida. Olha só que coisa emocionante:

Mostrar  uma bela festa não interessa e vamos mostrar isso de um jeito que nenhum editor de veículo de imprensa gostaria de ser mostrado: com imagens da festa.

Já que a mídia não mostrou a festa porque não teve confusão, confira esta galeria de fotos do que foi o último jogo do ano, com a despedida do ídolo Lugano do clube: