Amizade Dragões-Ultras Düsseldorf no Lance

Confira matéria publicada em 1/4/2018 no Blog do Lance sobre a amizade entre a Dragões da Real e os Ultras Düsseldorf, do Fortuna Düsseldorf, na Alemanha:

Ultras Düsseldorf levam faixas e bandeiras da Dragões em todo jogo do Campeonato Alemão (Foto: Arquivo Pessoal)

Em 2013, quando o governo alemão, em parceria com o Ministério dos Esportes do Brasil, lançou um projeto de intercâmbio de torcidas entre os dois países, não imaginava que a iniciativa poderia estabelecer raízes tão profundas e fraternas como aconteceu entre a Dragões da Real, torcida organizada do São Paulo, e os Ultras Dusseldorf, do Fortuna Dusseldorf, líder da segunda divisão alemã, que caminha a passos largos para disputar a Bundesliga na próxima temporada.

Ainda que predominantemente utilize o vermelho em seu uniforme principal, o Fortuna, assim como o São Paulo, estampa o vermelho, o preto e o branco nos materiais esportivos e nos adereços da torcida.

Segundo relato do presidente da organizada Dragões da Real, André Azevedo, um dos selecionados no Brasil para visitar diversas torcidas alemãs, “passamos por cidades como Mainz, Dortmund, Berlim, Augsburg, mas quando conheci o Fortuna Dusseldorf, a ligação foi imediata, não só pelas cores, mas pela intensidade com que torciam”, destacou.

Confira mensagem dos alemães para integrante da Dragões que sofreu com câncer devastador, três anos atrás:

A amizade entre as torcidas não se restringiu às semelhanças de cores e ao período de intercâmbio na Alemanha. Em 2014, durante a realização da Copa do Mundo no Brasil, vários torcedores do Fortuna Dusseldorf foram recebidos pela Dragões da Real no Rio de Janeiro, ampliando a relação entre as torcidas.

E nem mesmo o fatídico 7 a 1 da Alemanha sobre o Brasil, na semifinal do torneio mundial de seleções, abalou a ligação. Após a Copa, já com a Alemanha colocando a quarta estrela na camisa, representantes da Dragões da Real e dos Ultras Dusseldorf estabeleceram, então, um “intercâmbio permanente”.

Desde então, tornou-se comum a participação de torcedores do São Paulo nas arquibancadas do Esprit Arena e de alemães do Fortuna Dusseldorf no estádio Morumbi. Quando não estão presentes, a ligação de irmandade se mantém com ambas torcidas utilizando adereços, faixas e vestindo as camisas dos clubes. “É uma ligação, sobretudo, de amizade, e que só tende a ampliar”, destacou Azevedo, presidente da Dragões.

[CONTINUA NA PÁG. 2]