Após ano ruim, SPFC tenta recuperar a sua força no Morumbi

O Morumbi é um aliado histórico do São Paulo, principalmente em jogos de mata-mata. O estádio, porém, não viveu seus melhores momentos em 2019. O Tricolor acumulou nove vitórias, nove empates e quatro derrotas dentro de sua casa na temporada passada.

Em 2020, o desafio da equipe é melhorar o aproveitamento de 54% e fazer com que o estádio volte a ser temido pelos adversários.

Os principais tropeços do Tricolor foram justamente em momentos decisivos. As duas eliminações de 2019 (Copa do Brasil e Libertadores) contaram com atuações apáticas da equipe no Morumbi.

No Campeonato Brasileiro, o time conseguiu vitórias contra rivais diretos por uma vaga na Libertadores, como os 3 a 2 sobre o Santos e o 1 a 0 diante do Corinthians, mas tropeçou contra equipes que brigaram na parte inferior da tabela – derrota para o Fluminense e empate com o CSA.

A falta de apoio do torcedor não pode ser uma justificativa para o baixo desempenho dentro de casa. Isso porque o Tricolor teve a quarta melhor média de público da competição, levando pouco mais de 29 mil pessoas por jogo.”

Mesmo diante do bom público, a diretoria tomou uma primeira iniciativa para que o Morumbi volte a ser o porto seguro do São Paulo.

No início da semana passada, o Tricolor lançou um pacote promocional com venda de ingressos para nove jogos, incluindo Copa Libertadores e Paulistão.

A promoção envolve três partidas da Libertadores no Morumbi (LDU, River Plate e Binacional) e seis da primeira fase do Paulistão, sendo dois clássicos (Corinthians e Santos).

A estreia do São Paulo na temporada será justamente diante de seu torcedor. Na próxima quarta-feira, a equipe comandada por Fernando Diniz encara o Água Santa, às 21h30, no Morumbi, pela primeira rodada do Grupo A do Campeonato Paulista.

Fonte: Globo Esporte