Árbitro safado diz em súmula que tentaram invadir sala do VAR

O árbitro Luiz Flávio de Oliveira fez denúncias graves na súmula de São Paulo 0 x 0 Palmeiras, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

Segundo o juiz, o argentino Emiliano Rigoni, do Tricolor, foi expulso diretamente por ofendê-lo após a anulação do gol são-paulino, aos 43 do 2º tempo.

“Expulsei diretamente o atleta nº 77, Sr. Rigoni, por proferir as seguintes palavras por duas vezes após a anulação de um gol de sua equipe: ‘Você é um ladrão'”, escreveu.

Na sequência da súmula, Oliveira ainda denunciou dois diretoes do São Paulo e reportou inclusive a tentativa de arrombamento da sala do VAR.

“No intervalo da partida, quando descíamos para a zona mista, o Sr. Carlos Belmonte, diretor do São Paulo, proferiu as seguintes palavras: ‘Vocês estão de palhaçada com a gente, c***’. E, ao término da partida, novamente o mesmo retornou à zona mista e proferiu as seguintes palavras: ‘Safado,ladrão, vagabundo, vai tomar no c***. Vocês roubaram a gente'”, afirmou o juiz.

“Informo ainda que o Sr. Fernando Bracalle Ambrogi, diretor da equipe do São Paulo, presente também na zona mista ao término da partida, proferiu as seguintes palavras: ‘Você tem que ser preso. Pode relatar meu nome aí, seu vagabundo'”, seguiu.

“Fui informado pela equipe VAR, Sr. Péricles Bassols e Sr. Vítor Carmona, que, após o término da partida, foram até a sala do VAR, deram murros na porta por duas vezes e arrombaram a mesma, quebrando a fechadora. Porém, não adentraram a sala e nem foi possível identificar o autor do fato”, finalizou.

Agora, a súmula deve ser usada pela Procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) para denunciar Rigoni e os cartolas são-paulinos, que podem levar punições graves.

Vale lembrar que, pela expulsão, Rigoni já está automaticamente fora do próximo compromisso do São Paulo pelo Brasileirão.

Fonte: ESPN