Ataque de fúria de Lugano vira piada no treino

O treino do São Paulo nesta quinta-feira foi recheado de atrações. A mais importante delas foi a formação titular testada por Rogério Ceni, mas dois momentos no fim do treino também prenderam a atenção de quem estava no CT da Barra Funda: um ataque de “fúria” de Diego Lugano que terminou em ataque de risos e uma disputa do Mito com Lucas Fernandes.

O primeiro episódio aconteceu durante trabalho específico para os defensores da equipe. De um lado, o trio de auxiliares Pintado, Charles Hembert e Michael Beale treinava Bruno, Buffarini, Rodrigo Caio, Maicon e Lucão. Do outro, Ceni orientava Lugano, Douglas, Breno, Wellington, Foguete e Júnior.

A atividade tinha três etapas: salvar chute contra mini-gol, ganhar disputa pelo alto e fazer desarme no mano a mano, tudo num circuito dinâmico. Ceni gritava muito, com os atletas que esperavam também motivando os companheiros, até que Lugano foi cumprir o exercício. Atirou-se no chão para evitar o gol, empurrou o rosto de Wellington pelo alto e acertou pancada em Foguete, de uma vez só e bufando.

Ceni não aguentou, parou o treino e caiu na gargalhada. Douglas e Breno não se conformavam e tiravam sarro de Wellington. Júnior gritava e Foguete sofreu ataque de riso, que custou a passar. Depois, quando a atividade mudou de lugar e de modelo, foi o Mito quem arrancou risadas ao cair tentando evitar cruzamento. Os atletas se empolgaram e passaram a se jogar com carrinhos para salvar as mini-traves.

– Eu vejo ele muito feliz, um Rogério alegre que nos cativa bastante. Essa alegria dele transmite para nós e isso é muito importante. Nos motiva e nos alegra com os treinos, não nos deixa cabisbaixo e tira a tristeza de quem não vai jogar. Tem tudo para vencer e fico muito feliz de vê-lo treinando faltas, treinando como zagueiro, um falso jogador praticamente – disse Maicon.

 

[Terra, Lance]