Bruno Alves comemora estreia dos moleques de Cotia na Libertadores

Com sete jogadores revelados no CFA Laudo Natel, em Cotia, entre os titulares nesta quarta-feira (12), o Tricolor empatou com o Rentistas por 1 a 1, no Uruguai, em duelo válido pela quarta rodada do Grupo E da Conmebol Libertadores.

“Merecíamos um resultado melhor, porém, no contexto geral, foi bom. Na verdade, foi bom ver os meninos de Cotia estrearem na Libertadores e jogarem pra frente, como uma equipe protagonista que o Crespo sempre pede, com a bola no pé e em busca da vitória”, disse o zagueiro Bruno Alves.

Para encarar os uruguaios, o time não contou com Dani Alves (pequeno estiramento na região posterior da coxa direita), Luciano (pequeno estiramento na região posterior da coxa esquerda) e Eder (edema na região posterior da coxa direita), além de William (expulso contra o Racing).

Além deles, por opção da comissão técnica, Volpi, Arboleda, Miranda, Léo, Igor Vinícius, Luan, Liziero, Gabriel Sara, Reinaldo, Benitez e Pablo não foram relacionados. Assim, com o estreante Orejuela (recuperado de lesão), Crespo escalou a equipe com Perri; Diego Costa, Rodrigo e Bruno Alves; Orejuela, Nestor, Talles Costa, Igor Gomes e Welington; Rojas e Vitor Bueno.

Assim, com o estreante Orejuela (recuperado de lesão), o técnico Hernán Crespo escalou a equipe com Perri; Diego Costa, Rodrigo e Bruno Alves; Orejuela, Nestor, Talles Costa, Igor Gomes e Welington; Rojas e Vutor Bueno.

Com o resultado, a equipe são-paulina segue na liderança da chave, agora com oito pontos, ao lado do Racing. O próximo duelo na competição será justamente diante dos argentinos, na terça-feira (18), às 21h30, no Morumbi.

Antes, no entanto, o São Paulo retomará a disputa do Campeonato Paulista: na próxima sexta-feira (14), às 21h30, no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, enfrentará a Ferroviária pelas quartas de final.

“Vamos nos recuperar bem para entrar firme na decisão contra a Ferroviária. Pensamos sempre jogo a jogo. Viemos ao Uruguai em busca da classificação para as oitavas de final. Não conseguimos, mas voltaremos para casa com a liderança da chave”, concluiu Bruno Alves.

Fonte: SPFC