Com futebol medíocre, SPFC perde para reservas do Internacional

Encontre 3 erros nesta foto – a resposta está lá embaixo nesta página (*)

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 X 0 SÃO PAULO
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 7 de setembro de 2019, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Michael Correia (RJ)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Gol: Rafael Sóbis, aos 31 do 2ºT (Internacional)
Cartões amarelos: Bruno Silva (Internacional); Liziero, Reinaldo, Hudson, Anderson Martins, Igor Vinícius (São Paulo)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor, Cuesta, Klaus e Zeca; Patrick, Bruno Silva (Edenilson) e Nonato (Neilton); Pottker (Wellington Silva); Rafael Sobis e Guilherme Parede; Técnico: Odair Hellmann

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran (Fabinho), Anderson Martins, Arboleda e Reinaldo; Hudson, Tchê Tchê; Vitor Bueno (Igor Vinícius), Everton e Liziero (Gabriel Sara); Raniel; Técnico: Cuca

 

BOLA CHEIA

  • VOLPI: Continua ruim na reposição de bola, mas debaixo do gol é um monstro. Evitou dois gols com defesas espetaculares. Se não fosse por ele, o vexame contra os reservas do Inter seria muito pior.
  • IGOR VINÍCIUS: Entrou com muita vontade quase no fim do jogo. Aliás, se somar a força de vontade e o empenho de Vitor Bueno e Tchê Tchê em campo não chega a 50% do empenho que Igor Vinícius demonstrou depois que entrou. Tem horas que o cara é Bola Cheia só porque entrou em campo honrando o salário que recebe. É, chegamos a esse ponto…

 

BOLA MURCHA

  • FALTA DE VERGONHA NA CARA: Os caras passam a vida inteira reclamando da maratona de jogos, agora treinam a semana inteira para um jogo contra o time reserva do Inter e entram em campo sem empenho, sem vontade e esbanjando incompetência. É o departamento médico que parece levar o dobro do tempo para recuperar qualquer jogador, é a comissão técnica que libera um atleta para treinar como bucha de canhão na Seleção (justamente quando o time tem mais desfalques), é o treinador que teima de maneira absurda com atletas totalmente apáticos e inúteis em campo (como Tchê Tchê e Vitor Bueno)… Alguém consegue explicar como um time que só treina a semana inteira é péssimo nos fundamentos mais básicos do futebol (não acertam passes, não finalizam e se posicionam como jogadores iniciantes de várzea)? Se está com tantos desfalques, diminuam o oba-oba de marketing, as brincadeirinhas com câmeras de TV para canais da internet, foquem na p… do treino, na repetição dos fundamentos para que não fiquem errando passes de 3 metros a cada 5 minutos. Além do mais, quando se tem um time que só treina no tal “campo reduzido”, espera-se que pelo menos acertem passes de 3 metros, o que não acontece. Mas aí vem o Arboleda e fica tentando fazer ligação direta com o ataque fazendo passes de 30 metros… Pô, Arboleda não tem técnica para acertar passes de 3 metros no tal “campo reduzido”, pra que insiste em lançamentos longos que nunca, jamais, em momento algum resultaram em passe certo? Treinam a semana inteira só para esse jogo contra um time reserva e apresentam esse futebolzinho medíocre, medroso, vergonhoso? Isso é incompetência ou falta de vergonha na cara?
  • HUDSON: Muita gente perguntava por que Hudson estava na reserva. Basta assistir a esse jogo para ter a resposta. Além de não acertar passe algum e cometer muitas faltas estúpidas por perder a bola em todas as disputas, ele ainda tirou com a mão a bola que resultou no pênalti e na derota do SPFC. É esse cara que dizia ser o melhor do país em sua posição? Em que mundo você vive, Hudson? 
  • VITOR BUENO: O que diabos Cuca viu nesse cara para insistir tanto em sua contratação? Fraquíssimo no meio, fraquíssimo na construção de jogadas, péssimos nos passes e absolutamente inútil em campo.
  • TCHÊ TCHÊ: O morto-vivo errou de novo todas as jogadas que tentou fazer, desperdiçou todas as bolas que tentava armar e parecia que a qualquer momento ia deitar no chão e tirar um cochilo. A gente fica tentando imaginar se Cuca assiste mesmo aos vídeos de um jogo como esse, afinal, não dá para conceber um treinador profissional ver essa atuação e dizer: “Esse é meu titular absoluto!” Tchê Tchê não seria titular nem no time do Ratatá Futebol Clube…
  • RANIEL: Nas arquibancadas, o torcedor só se refere a ele como “Ruim-niel”. Como alguém poderia achar que o terceiro reserva de um time que estava na Zona do Rebaixamento seria o nome ideal para trazer para o SPFC? Esse empresário deve ser muito bom.

 

(*) Os 3 erros da fotos são os 3 jogadores do SPFC que aperecem na foto: é um pior do que o outro!