Copinha está “afunilando” e ficando mais difícil, diz Orlando Ribeiro

O São Paulo venceu o Santa Cruz por 2 a 0 (gols de Galeano e Kevin) nesta noite da última terça-feira (14), em São Bernardo, e avançou para as oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, onde busca o bicampeonato (e quinto título na história). Agora, o time de Cotia enfrenta o Coritiba, na quinta-feira (16), às 21h30, mais uma vez no Estádio Primeiro de Maio, e o técnico Orlando Ribeiro espera um jogo ainda mais difícil.

A partida diante do Santa Cruz teve o domínio do Tricolor, porém, os gols só foram sair ao final do segundo tempo, devido à forte marcação do adversário e à boa partida do goleiro do time de Pernambuco. O jogo mudou aos 27 minutos, após a expulsão de Fábio, do Santa. Aos 36, o São Paulo balançou as redes abriu o placar com Galeano. Dois minutos depois, Kevin marcou o segundo para selar o placar.

Orlando comentou as dificuldades que o time enfrentou, especialmente por não conseguir repetir nenhuma vez a escalação por conta das lesões. No entanto, ele ressaltou a concentração e paciência dos jogadores para encontrarem o gol, mostrando o amadurecimento da equipe durante o torneio.

Estávamos com dificuldades no primeiro tempo, mas cada jogo, até agora, foi uma equipe. Falamos para os jogadores prestarem atenção no jogo desde o início e achei que eles foram muito bem na postura, tiveram paciência e encontraram os gols na hora certa. A vitória veio, foi construída na concentração deles”, analisou.

O São Paulo enfrenta agora, pelas oitavas de final, o Coritiba, mais uma vez no Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo, com entrada gratuita aos torcedores, que tem lotado a arquibancada, pela entrada 4 Leste. A partida acontece às 21h30, nesta quinta-feira (16), e Orlando acredita em um jogo ainda mais difícil.

“Cada fase aperta mais o parafuso. Conforme a competição vai afunilando, as equipes vão se qualificando cada vez mais e os jogos se tornam cada vez mais difíceis, então sabemos que temos que evoluir também para seguir na competição”, finalizou.

Fonte: SPFC