Dallas fecha com Colmán e exalta grandeza do SPFC

Como esperado, o FC Dallas anunciou a contratação do atacante paraguaio Cristian Colmán, que estava no Nacional-PAR. Colmán esteve perto de fechar com o São Paulo, mas o Tricolor desistiu do negócio diante da concorrência com os norte-americanos e com os valores impostos pelo time paraguaio, que era dono de 50% dos direitos econômicos do atleta – a outra metade é do 3 de Febrero, também do Paraguai.

Colmán assina com o Dallas por um ano. Na publicação em seu site oficial, o time norte-americano enaltece a contratação e cita a briga com “um dos maiores clubes do mundo” como São Paulo e o mexicano León para contar com o atacante paraguaio. O diretor-técnico da equipe, Fernando Clavijo, disse que o jovem era um desejo antigo do time.

– Ele está no nosso radar por toda a temporada de 2016, mas o seu clube atual não estava disposto a fazer nada. Estávamos a par de tudo, mas ele não estava realmente no mercado. Ele é muito inteligente em seu movimento, pode finalizar com os dois pés e é bom na bola aérea. Estou animado – declarou o dirigente.

Colmán entrou em litígio com o Nacional-PAR durante a negociação. O desejo do atacante era ir para o São Paulo, mas os paraguaios quiseram vende-lo ao Dallas. Os norte-americanos devem pagar US$ 1,6 milhão à vista pelos 50% dos direitos do atleta correspondentes ao Nacional-PAR. Cristian deve ter salário de US$ 700 mil (R$ 2,2 milhões) por ano, e mais US$ 300 mil (R$ 949 mil) de luvas.

[Globo Esporte]