Daniel Alves diz que sua lesão não é grave e o retorno será rápido

Fora da partida do domingo contra o Mirassol, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista, o ala direito Daniel Alves, do São Paulo, respondeu a perguntas de torcedores nas redes sociais. Além de tranquilizar os são-paulinos sobre a lesão na coxa direita, o camisa 10 explicou os motivos para repassar a faixa de capitão para o recém-chegado Miranda.

Sobre a lesão muscular, que preocupa o São Paulo inclusive para o jogo de meio de semana contra o Rentistas, pela Libertadores, Daniel Alves adotou um discurso otimista. O veterano de 38 anos está em tratamento para curar-se da lesão desde sexta-feira.

A lesão foi  grave, Daniel?

— Não muito. Já já estaremos de volta — respondeu o camisa 10 do time tricolor, ainda sem dar uma previsão exata de retorno aos gramados.

Em relação à faixa de capitão, agora sob posse de Miranda, Daniel Alves se apegou à experiência adquirida na Europa, onde passou mais de uma década, para comentar sobre o assunto.

— Na Europa existe o respeito pelo tempo dos atletas no clube. Como ele tem mais tempo de clube do que eu, decidi respeitar isso, assim como faço com o Hernanes — discursou Daniel Alves.

— No fim das contas, os grandes líderes não precisam de um bracelete e sim de boas atitudes — completou.

Hoje capitão do São Paulo, Miranda retornou ao clube após primeira passagem vitoriosa. O defensor vestiu a camisa tricolor entre 2006 e 2011; neste período, o zagueiro conquistou três vezes o Campeonato Brasileiro (2006, 2007 e 2008).

Fonte: GE