De reserva a fundamental: como Luan conquistou espaço no SPFC

Reserva no começo da temporada e pouco utilizado por Fernando Diniz no São Paulo, Luan vai se tornando um jogador indispensável no atual sistema de jogo implementado pelo treinador.
 
Depois de ver a equipe sofrer gols em dez jogos consecutivos, Diniz promoveu mudanças no sistema defensivo. E uma delas foi a saída de Tchê Tchê para a entrada de Luan. Nos dois jogos em que o volante começou como titular, o São Paulo não sofreu gols e se mostrou mais consistente.
 
Um dos motivos para Luan ser preterido anteriormente era a sua saída de bola. O técnico Fernando Diniz tem por característica o jogo trabalhando desde o campo de defesa. Com isso, Tchê Tchê foi deslocado para primeiro volante para fazer a transição com maior qualidade.
 
No início da temporada, até deu certo. O São Paulo fez bons jogos com participação efetiva do jogador. Mas desde o retorno do futebol após a paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus, a aposta foi frustrada.
 
No momento em que o São Paulo estava sob maior pressão na temporada, Luan foi acionado pelo treinador para dar mais consistência ao setor defensivo. E ele correspondeu. Nos dois jogos, Luan foi um dos destaques e mudou a forma com que o time atuar.
 
No último sábado, diante do Palmeiras, Luan foi um dos jogadores mais importantes para o esquema proposto. Além de auxiliar na marcação, ele também teve papel fundamental na construção das jogadas desde o campo defensivo.
 
Para o técnico Fernando Diniz, essa característica de ajudar nesse quesito foi algo que Luan aprimorou no último ano de São Paulo.
 
“O Luan é um jogador hoje diferente em relação ao ano passado, um jogador com esse equilíbrio defensivo que sabíamos que iríamos ganhar com a presença dele. Mas o Luan hoje é muito mais do que um jogador que traz equilíbrio defensivo, é um jogador com muitos recursos técnicos, que foi subestimado na transição dele para o profissional por conta dele ser muito forte na marcação”, afirmou Fernando Diniz.
 
– Ele é um jogador de um nível muito alto tecnicamente, então teve esse tempo e este ano para que ele fosse adquirindo confiança no próprio jogo de construção. Hoje (sábado) ele fez uma partida excelente, tanto na construção quanto no equilíbrio defensivo que ele acaba dando pela característica pessoal dele – completou o treinador.
 
Com 11 jogos na temporada, Luan deve ser titular novamente diante do Fortaleza, na próxima quarta-feira, às 19h15, fora de casa, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil.
 
O São Paulo com ele em campo já acumula duas vitórias consecutivas no Campeonato Brasileiro e sem sofrer gols na competição.
 
Fonte: GE