Diniz diz que não vai criticar o time e não teme ser demitido

O técnico Fernando Diniz, do São Paulo, admitiu que o time não conseguiu voltar a jogar como vinha fazendo antes da paralisação do Campeonato Paulista, há quatro meses, causada pela pandemia de Covid-19.

Nesta quarta-feira, o São Paulo perdeu por 3 a 2 para o Mirassol, no Morumbi, e foi eliminado nas quartas de final do torneio – a equipe do interior foi praticamente remontada nas últimas semanas por ter perdido muitos jogadores durante a parada.

Desde que os jogos voltaram, há uma semana, o time titular do São Paulo fez duas partidas, e foi derrotado em ambas – a outra foi para o Bragantino, também por 3 a 2, também no Morumbi. Com reservas, bateu o Guarani por 3 a 1.

Não vou tacar pedra no time, que estava indo bem (antes da pandemia). A gente não voltou (da paralisação) como a gente vinha jogando, e, infelizmente, não conseguimos a classificação”, lamentou o treinador.

“Não estou preocupado em ter paz (para trabalhar). Tem que trabalhar. Tem que saber sofrer com a derrota e absorver o que vier pela frente”, pediu.

Antes da paralisação, o São Paulo era considerado um dos mais fortes candidatos ao título do estadual.

Fonte: GE