Dragões promove ações sociais de Natal por todo o país

Torcida Organizada é sinônimo de violência, bandidagem, desempregados, drogados e inúmeros adjetivos ruins que já viraram estereótipos para esse segmento, não é? Mas isso é verdade ou apenas alienação de uma mídia que determina o que você tem que pensar e acreditar?

Existem pessoas que se encaixam nesse estereótipo? Óbvio que sim ― e até piores que isso. Mas a pergunta que fica é: em que país essas pessoas que nos “julgam” vivem? Às vezes parece que estamos na Suíça e as torcidas são as únicas com comportamento boçal dentro de uma sociedade perfeita, o que na realidade não é a verdade.

Vivemos em uma sociedade que, se for colocar na balança, é muito pior do que qualquer torcida organizada. Somos o país do futebol, não o país da justiça ou o país da educação, então, acaba tendo uma notoriedade muito grande quando algo ruim acontece no campo futebolístico.

[perfectpullquote align=”full” bordertop=”false” cite=”” link=”” color=”” class=”” size=””]Querem apenas proibir e expurgar as torcidas dos estádios em vez de educar, esquecendo que o torcedor é um cidadão que conviverá em outras esferas da sociedade. Tira-se o “ruim” do futebol e joga-se o “ruim” para as ruas, continuando a saga de uma sociedade “ruim” em todos os aspectos.[/perfectpullquote]

Neste mês de dezembro, esses tais “bandidos marginalizados”, organizados de norte a sul do país, promoveram belíssimas ações sociais que muitos dos ditos detratores das organizadas jamais sequer sonharam em “sujar as mãos” para fazer. Foram donativos e entregas de doces, salgados, roupas, cestas básicas, remédios… Muitos até fantasiados de Papai Noel! Foram muitas atividades, fazendo muitas vezes o papel que nem o estado sonha em fazer.

Quem generaliza o conceito Torcida Organizada de forma ruim são pessoas alienadas, sem estudo sobre o tema (há muitos livros e estudos acadêmicos sérios sobre o tema, basta ler!), que querem tirar proveito da situação para se promover ou ganhar audiência. Os maus torcedores organizados apenas repetem o comportamento e a educação do “mau” da sociedade brasileira como um todo.

Enquanto eles nos detratam, nós apenas continuamos a fazer a nossa parte…

Parabéns a todos que por todo o país fazem algo com o intuito de ajudar, pois os holofotes nunca foram nossos motivos para promover essas ações.