Dúvida de Jardine é se barra Michel Bastos

michelbastos160809Comandante do São Paulo até a diretoria contratar um técnico para o segundo turno do Campeonato Brasileiro e as oitavas de final da Copa do Brasil, André Jardine tem a semana inteira para preparar a equipe para o duelo do próximo domingo, contra o Botafogo, pela 20ª rodada do Brasileirão. E fica a dúvida: será que o treinador vai procurar dar entrosamento ao time que atuou e venceu o Santa Cruz ou promoverá a volta dos  medalhões Diego Lugano e Michel Bastos, que não atuaram na última partida?

No duelo disputado no Arruda, Jardine mudou esquema tático e peças. Como Bastos estava vetado pelo departamento médico, ele aproveitou e trocou o mecânico 4-2-3-1 de Edgardo Bauza para o 4-1-4-1, com a entrada de João Schmidt no meio-campo. O resultado foi positivo: a equipe melhorou seu nível de atuação e voltou a vencer na competição após quatro rodadas.

Na defesa, Lugano foi poupado por desgaste físico e Lyanco formou dupla de zaga com Maicon. Na terça-feira, quando o elenco se reapresentou da folga, o uruguaio trabalhou normalmente, enquanto o garoto fez apenas trabalhos físicos, atividade destinada aos titulares. A tendência é que o gringo ganhe a preferência e atue no final de semana contra os cariocas.

Mas a volta de Michel Bastos não é garantida. Além do time ter se apresentado bem com o esquema tático usado, o camisa 7 tricolor não vive bom momento técnico. Michel teve ótima participação durante boa parte da Taça Libertadores da América, principalmente nas fases de mata-mata. Mas entrou em queda livre nas últimas partidas. Ofensivamente, pouco tem acrescentado ao time. E defensivamente tem causado problemas.

Taticamente é possível observar que, quando Michel Bastos joga, o lateral-esquerdo Mena fica sobrecarregado defensivamente. Principalmente porque Michel não volta para fazer a recomposição defensiva, e o defensor chileno sofre com dois jogadores caindo pelo seu setor. Com a entrada de João Schmidt na última partida, esse problema acabou, tanto que Mena foi visto também apoiando o ataque, inclusive participando da jogada do primeiro gol.

Nas redes sociais, o apoio a Michel Bastos também já não é o mesmo. Existem até os mais radicais que pedem que ele seja negociado para que o São Paulo possa contratar algum reforço. Resta saber como Jardine vai proceder nessa questão.

[Globo Esporte]