Há 6 meses sem marcar, Pato quer desencantar contra o ex-clube

O jogo de sábado, às 19h, no Morumbi, será o terceiro de Alexandre Pato contra o Corinthians usando a camisa do São Paulo. Ele nunca marcou pelo Tricolor contra o ex-clube, mas não é só por esse motivo que um gol na sexta rodada do Paulistão seria especial para o atacante de 30 anos.

Pato vive um jejum de gols que completou exatos seis meses na última segunda-feira. A última vez que balançou as redes foi em 10 de agosto de 2019, quando anotou dois na vitória por 3 a 2 sobre o Santos, no Morumbi, pelo Brasileirão. Depois disso, teve duas lesões, frequentou a reserva e disputou 13 partidas – nove como titular.

Apesar da seca, o camisa 7 vive momento de evolução no São Paulo. Ele foi titular nas últimas três partidas e protagonizou lances importantes. Na vitória por 2 a 1 sobre a Ferroviária, em Araraquara, acertou uma bola no travessão e exigiu duas boas defesas do goleiro Saulo. No empate por 1 a 1 com o Novorizontino, no Morumbi, teve dois gols mal anulados pela arbitragem. E, por último, na derrota por 2 a 1 para o Santo André, deixou Vitor Bueno e Everton na cara do gol com dois ótimos passes e viu os companheiros perderem as chances. Tudo isso jogando, em tese, na posição em que não se sente à vontade: como centroavante.

O Pato está jogando de atacante, não está jogando de 9 fixo. Tem hora que ele está na esquerda, depois na direita. É questão de a bola dele entrar. Está evoluindo”, disse o técnico Fernando Diniz.

A expectativa é de que Pato seja mantido como titular no Majestoso. Se Diniz optar por já escalar Antony, de volta após defender a Seleção Brasileira no Pré-Olímpico da Colômbia, o favorito a perder a vaga é Pablo, que tem atuado mais fora da área neste início de temporada. Igor Gomes, outro que está novamente à disposição, briga pela posição de Hernanes. O técnico ainda não deu pistas sobre o que pretende fazer com a dupla.

Pato foi titular do São Paulo nos dois clássicos contra o Corinthians pelo Brasileirão do ano passado: derrota por 1 a 0 em Itaquera e vitória por 1 a 0 no Morumbi, gol de Reinaldo. Na primeira passagem pelo Morumbi, entre 2014 e 2015, ele estava emprestado pelo clube de Parque São Jorge e era impedido por contrato de participar de Majestosos.

Fonte: Lance