Insatisfeito com seu rendimento, Hernanes tem futuro incerto

Hernanes está insatisfeito no São Paulo. Não com o clube ou com a torcida. Mas com ele mesmo. Tudo porque ainda não rendeu à altura da expectativa criada desde seu retorno ao Morumbi, anunciado no fim de 2018. A ponto de repensar seu futuro no clube.

Ele deverá desfalcar o São Paulo contra o Fortaleza, nesta quinta-feira, no Morumbi, por causa de uma lombalgia. Pelo mesmo motivo ele ficou fora da viagem para Goiânia, onde o Tricolor teve jogo adiado na estreia do Brasileirão por conta da contaminação de nove jogadores do adversário pela Covid-19.

Incomodado com sua falta de rendimento, Hernanes tem ponderado e questionado até que ponto pode ser útil ao clube. Ele conversa com o São Paulo por se sentir em dívida dentro de campo.

O Tricolor investiu cerca de R$ 13 milhões na sua contratação. Seu vínculo é válido até dezembro de 2021.”

Embora não haja uma negociação ou proposta concreta para o jogador neste momento, sua saída não é descartada no futuro. Nesse cenário hipotético, o atleta não pensaria em sair para outro clube brasileiro pela identificação que tem com o São Paulo.

Hernanes é reserva no time de Fernando Diniz, mas não direciona sua insatisfação ao treinador. Com técnicos anteriores ele também não correspondeu às expectativas. O meia se cobra justamente porque não está entregando nos gramados o rendimento que esperava ter. Em 2017, ele foi o principal protagonista do São Paulo, na arrancada contra o rebaixamento.

No início do mês, o jornalista italiano Gianluca Di Marzio noticiou que o presidente da Reggina, clube da segunda divisão da Itália, disse ter tentado uma negociação por Hernanes no passado.

Nem para o São Paulo e nem para o atleta houve uma oferta nesse sentido, embora a ligação do Profeta com a Itália seja natural pelos clubes defendidos na carreira (Lazio, Juventus e Inter de Milão), além de ter familiares e negócios no país.

Neste ano, Hernanes fez 14 jogos e marcou um gol pelo São Paulo. No total, ele soma 295 jogos e é o jogador do elenco com mais partidas pelo Tricolor.

Fonte: GE