Lesão de Dani Alves abre espaço para Orejuela fazer a sua estreia

Um dos principais investimentos do São Paulo para a temporada, o ala direito Orejuela pode estrear na próxima quarta-feira, contra o Rentistas, no Uruguai, pela Libertadores da América.

E dois fatores aproximam o jogador da primeira partida com a camisa tricolor: a recuperação física e a lesão do titular Daniel Alves, confirmada pelo clube na tarde da última sexta-feira.

Orejuela tem trabalhado normalmente com o elenco e aprimora a forma física depois de ter um problema no joelho, justamente elencado pelo São Paulo como o motivo para a ausência do lateral da delegação que participou do empate sem gols com o Racing, na Argentina.

O colombiano ainda aguarda a primeira oportunidade para atuar no comando de Hernán Crespo. Orejuela chegou ao São Paulo em março e enfrentou uma lesão na coxa esquerda, que o tirou da lista dos 26 inscritos do Paulistão.

O ala provavelmente será relacionado para as quartas de final do Paulistão contra a Ferroviária, já que os clubes podem trocar quatro nomes para o mata-mata. O São Paulo, por exemplo, ainda conta na lista com Tchê Tchê, negociado com o Atlético-MG durante o estadual.

Posteriormente, os problemas no joelho tiraram o ala de ação dos três primeiros compromissos pela Libertadores. Neste meio tempo, Daniel Alves assumiu a posição e diminuiu o espaço predestinado ao colombiano, que chegou para brigar por uma posição de titular com Igor Vinicius.

Essa disputa pode ocorrer a partir deste fim de semana, após o confronto entre Mirassol x São Paulo, válido pela rodada final da etapa de grupos do Paulistão. Igor Vinicius, inscrito, deve ocupar o setor e largar na frente na disputa pelo posto de Daniel Alves.

O camisa 10 sofreu um pequeno estiramento na coxa direita, após trauma no local durante o jogo com o Racing, como mostrou o ge na quinta-feira. Daniel Alves começou tratamento no Reffis e vai ser reavaliado periodicamente.

Diante deste cenário, a participação de Daniel Alves no duelo de quarta-feira contra o Rentistas, no Uruguai, surge como duvidosa e abre espaço para a possível estreia de Orejuela, pelo menos como suplente. O colombiano tem meia semana para ser devidamente liberado pelos preparadores físicos.

Fonte: GE