Lugano se manifesta sobre saída: ‘Tudo na vida é transitório’

Diego Lugano se manifestou nesta segunda-feira sobre sua saída do São Paulo. Superintendente de relações institucionais na gestão Leco, o ex-zagueiro uruguaio teve seu contrato encerrado no último dia 31 de dezembro e não seguirá no clube agora com Julio Casares como presidente.

“Tudo na vida é transitório. Tive no São Paulo minha meia década de jogador, onde cresci como homem e profissional. Por último agora vivi no clube meus derradeiros anos como atleta e os primeiros numa função em que pude conhecer mais profundamente o ‘Universo São Paulo’”, escreveu em suas redes sociais.

Durante sua passagem pelo clube, Lugano teve participação na contratação de Juanfran, por ter amizade com Diego Godín, seu compatriota que foi por muito tempo companheiro do lateral espanhol no Atlético de Madrid. O atacante Gonzalo Carneiro, outro uruguaio, também foi indicado pelo ídolo são-paulino.

“Sou muito grato a todos que conviveram comigo, dando-me a confiança e o amparo para exercer o novo ofício. Pois bem, o ciclo fechou-se, o nosso Tricolor passa por um momento de transição administrativa, e, pelo meu lado, novos desafios e compromissos também me chamam. Vou modificar a primeira frase desta mensagem. Quase tudo na vida é transitório. As relações humanas, mesmo as mais distantes, podem eternizar-se. O carinho e o respeito que dou e recebo dos são-paulinos certamente são para sempre”, concluiu.

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by diegolugano (@diegolugano)

Fonte: ESPN