Melhora do time coincide com maior aproveitamento da Base

O São Paulo vive seu melhor momento na temporada e muito disto deve-se ao crescimento dos garotos das categorias de base sob o comando de Fernando Diniz. Depois do LANCE! mostrar que quase um terço dos gols anotados na temporada foram feitos pelos atletas ‘Made in Cotia’, os números seguem em constante melhora. De lá para cá, os jogadores formados do clube marcaram em praticamente todos os jogos do Tricolor. 

Dona do melhor ataque do São Paulo desde a temporada 2006, a atual equipe marcou 80 gols em 43 jogos em 2020. Os garotos da base representam mais de 36% desse número, com 29 gols marcados. As boas fases de Igor Gomes, Gabriel Sara e – sobretudo – Brenner são determinantes a marca positiva. 

Na última entrevista coletiva do clube, o técnico Fernando Diniz chegou a falar sobre a importância de se acreditar nos jogadores – sobretudo aqueles recém-chegados das categorias de base.

O comandante do São Paulo utilizou o meia Igor Gomes como exemplo para falar sobre seu ponto de vista e explicar o porquê de sua equipe estar vivendo um bom momento.

– O que a gente precisa é saber que as pessoas oscilam mesmo. Todo mundo oscila. Queremos valorizar só quem acerta o tempo todo e ninguém acerta o tempo todo. É assim que perdemos muito jogadores aqui no Brasil. A pressão é cruel. Quando não consegue responder a gente vai jogando muito jogadores em segundo plano. Falo isso constantemente e temos que mudar isso. Todo mundo vive um momento ruim – afirmou Diniz ao exemplificar a questão. 

Atualmente, o São Paulo tem cinco jogadores das categorias de base em sua equipe titular (Diego Costa, Luan, Igor Gomes, Gabriel Sara e Brenner) e cada vez mais dá espaços para os garotos. Importante ressaltar que desde que chegou ao clube do Morumbi, Diniz trouxe apenas um jogador – o atacante Luciano, envolvido em uma troca com o Grêmio pelo também atacante Everton.

Fonte: Lance