Muricy lamenta negociação feita com Daniel Alves na outra gestão

O São Paulo não vive um bom momento na temporada. Recentemente, foi eliminado da Libertadores pelo rival Palmeiras e tem demonstrado irregularidade no Campeonato Brasileiro. Muricy Ramalho, ex-técnico que atualmente ocupa a função de coordenador de futebol do clube, concedeu uma entrevista ao canal Arnaldo e Tirone e defendeu alguns jogadores criticados pela torcida, caso do goleiro Tiago Volpi, que falhou nos jogos recentes.

“Volpi é dos maiores profissionais que temos no São Paulo. Mas, como está tudo fechado, as pessoas não veem o jogador no dia a dia. Claro que goleiro uma hora pega tudo, mas uma pequena falha já estraga. Estamos tranquilos, tem muita personalidade, é bom exemplo, muito importante”, disse.

Muricy também exaltou Vitor Bueno, outro atleta contestado. “Bueno é um jogador diferenciado. Tem todas as condições de ser um grande meia e um grande atacante. Bate duro na bola, tem o drible, cabeceia bem, força física” comentou.

“Ele mostrou agora nos últimos jogos, fez até gol (contra o Grêmio), mas é aquela concorrência que existe no São Paulo. Às vezes oscila um pouco, mas é um jogador muito interessante”, completou o ex-técnico.

E COMO FICA O BATUQUEIRO?

A relação entre os torcedores e Daniel Alves também está conturbada. Em entrevista ao mesmo canal, Muricy disse que algumas declarações do jogador não o agradam, mas afirmou que o atleta “tem sua dose de razão”.

“É uma situação complicada mesmo, mas tem que ver os dois lados. Ver o lado do torcedor, como eu sou. Às vezes não gosto de uma declaração, acho que tem que definir dentro do clube. Mas o cara trabalha para caramba, treina para caramba, e ficou todo esse tempo com a dívida aumentando, o cara às vezes fica bravo. Veio do Japão (após disputar as Olimpíadas), jogou direto. Tem que ver o outro lado também”, contou.

“Os dois lados têm um pouco de razão. Fizeram um negócio lá para trás e não cumpriram, então o Daniel tem sua dose de razão. A verdade é que o São Paulo não tinha condição de pagar o que ofereceram para ele. Contrataram um dos melhores laterais do mundo, seleção brasileira, bom profissional, e não cumpriram com as coisas”, finalizou.

O São Paulo volta a campo no próximo domingo, contra o Fluminense, no Maracanã, em busca de reabilitação no Brasileiro. Atualmente, o Tricolor Paulista é o 15º colocado no campeonato.

Já no dia 15, os comandados de Crespo entram em campo contra o Fortaleza, na Arena Castelão, pela partida de volta da Copa do Brasil. No confronto de ida, o jogo terminou empatado por 2 a 2.

Fonte: Terra