Paulistão: SPFC goleia S. Caetano em ritmo de jogo-treino

 

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 5 X 1 SÃO CAETANO
Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)
Data/Horário: 10 de abril de 2021 (sábado), às 20h (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo
Assistentes: Neuza Ines Back e Bruno Silva de Jesus
VAR: Vinicius Furlan
Gols: Arboleda, aos 4’01ºT (1-0), Rodrigo Nestor, aos 20’1ºT (2-0), Reinaldo, aos 30’1ºT (3-0), Guilherme Castro, aos 37’1ºT (3-1), Daniel Alves, aos 43’1ºT (4-1) e Eder, aos 30’2ºT (5-1).

SÃO PAULO: Volpi; Arboleda, Bruno Alves e Léo; Igor Vinicius, Rodrigo Nestor (Luan, aos 20′ 2ºT), Daniel Alves, Igor Gomes (Benítez, aos 28’ do 2ºT) e Reinaldo (Welington, aos 28’ do 2ºT); Rojas (Eder, aos 16′ 2ºT) e Pablo (Vitor Bueno, aos 20’2ºT). Técnico: Hernán Crespo.
SÃO CAETANO: Luiz; Daciel Santos, Lucas Dias, Carlos Alexandre e Warian; Charles, Neto (Luizinho, aos 15’2ºT) e Luiz Felipe (Guilherme Pira, no intervalo); Filipe Carvalho (Fernando Júnior, no intervalo), Guilherme Castro (Marcinho aos 28’2ºT) e Diego Cardoso (William Amorim, no intervalo). Técnico: Wilson Júnior

 

BOLA CHEIA

  • EDER e BENÍTEZ: Os dois reforços estrearam muito bem. Eder ficou mais tempo em campo (entrou aos 16’ do segundo tempo), apresentou ótima movimentação, fez um belo gol e quase cava dois pênaltis; Benítez entrou aos 28’ do segundo tempo, também apresentou ótima movimentação e trouxe alguma velocidade do meio pra frente. É lógico que é muito cedo para avaliar, mas a primeira impressão dos dois foi muito boa.
  • REINALDO: Fez um belo primeiro tempo, com muita movimentação, acertou diversos cruzamentos e fez um lindo gol. No segundo tempo, desapareceu em campo e foi substituído.

 

BOLA MURCHA

  • TIAGO VOLPI: O goleirão faz belas defesas em alguns jogos e toma uns gols ridículos em outros. Volpi foi com mão-de-alface para defender um chute de fora da área e tomou um gol meio ridículo. É difícil passar confiança quando se mescla grandes atuações com frangões horrendos.
  • PABLO: Esteve em campo até os 20’ do segundo tempo. Nesse tempo todo, o cara não aparece em nenhum lance dos melhores momentos. Até um cone consegue ser mais útil dentro de campo.