Placar final também é a nota do jogo: zero!


hudson161001SÃO PAULO 0 x 0 FLAMENGO
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/horário: 1º de outubro de 2016, às 16h
Árbitro: Sandro Meira Ricci (SC-Fifa)
Auxiliares: Nadine Schramm Camara Bastos e Helton Nunes (SC)
Público/Renda: 29.813 torcedores/ R$ 808.393
Cartões amarelos: Cueva, Rodrigo Caio, Wesley e Bruno (SPO), Diego, Leandro Damião e Jorge (FLA)
SÃO PAULO: Denis, Bruno, Lugano, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, Thiago Mendes (Michel Bastos 28’/2T), Wesley, Kelvin (Luiz Araújo aos 32’/2T) e Cueva; Chavez. Técnico: Ricardo Gomes
FLAMENGO: Muralha, Rodinei, Rafael Vaz, Réver, Jorge, Willian Arão, Márcio Araújo, Gabriel (Fernandinho aos 21’/2T), Guerrero (Leandro Damião aos 25’/2T), Diego e Everton (Alan Patrick aos 33’/2T). Técnico: Zé Ricardo.


DENIS: Outra vez salvou o time com boas defesas. Mas sofre demais com a absoluta incompetência da comissão técnica para treinar o time contra a bola aérea.
TORCIDA: Quase 30 mil pessoas pra ver um futebolzinho medíocre, de um time desfigurado pela politicagem interna e que atualmente só entra em campeonato para não ser rebaixado. Tem que aplaudir cada um desses 30 mil.
MORUMBI: Completou mais um aniversário. É um gigante que infelizmente é maltratado pelo futebol medíocre da equipe atual.


RICARDO GOMES: Pelo amor de Deus, não tem que ter vergonha do que vão falar, dane-se! Tem que mandar embora agora e tentar encaixar alguém realmente competente para lidar com crises, que tenha ingerência sobre esse monte de estrelinha cheia de mimimi com qualquer crítica. Ricardo Gomes é péssimo, molengão, não se impõe, está afundando de vez o time porque não consegue criar esquema de jogo algum e ainda fica insistindo sempre com os mesmos zeros à esquerda como Thiago Mendes, Hudson, Michel Bastos, Wesley… E quando o time dá vexame ele ainda acha que foi um “espetáculo”!!! OK, o Chavez perdeu o gol que poderia definir a partida, mas ele é atacante, não pode receber apenas uma bola por jogo porque o esquema de merda de um técnico de merda não consegue fazer o time correr. Ricardo Gomes só continua como técnico porque Leco não quer admitir que fez uma tremenda lambança contratando o cara em vez de apostar no talentoso André Jardine. Admitir que fez uma bela merda pode comprometer suas aspirações políticas para o próximo ano. E o SPFC como fica nessa história? Que se dane, né… Pelo jeito, o que importa é ganhar a eleição, mesmo que o time esteja na Série B…