Promissor zagueiro da Base é dispensado por causa de indisciplina

O São Paulo encerrou o contrato do zagueiro Thiago Dombroski, 19 anos, nesta semana. O jogador estava emprestado até janeiro de 2023, mas cometeu um ato de indisciplina e foi dispensado. Indicado pelo técnico Alex, ele tem contrato com o Coritiba até o fim de 2023.

O empresário Naor Malaquias confirmou a saída ao GE, mas não comentou a motivação do clube paulista para a demissão de Dombroski. O staff do jogador, agora, busca um empréstimo para outro clube.

O time paulista tinha opção de compra no começo da próxima temporada. A multa para o mercado nacional é de R$ 10 milhões, enquanto a transferência internacional tem um valor de 50 milhões de euros.

O zagueiro era uma aposta de Alex, treinador do sub-20. Ele acompanhou de perto o defensor quando fez estágio nas categorias de base do Coxa. Na época, Thiago Domboski estava na transição e variava os treinamentos entre sua categoria e o time profissional.

No São Paulo, o defensor era titular e fez 17 partidas (14 pelo Brasileirão sub-20 e três pelo Campeonato Paulista). O Tricolor paulista está nas quartas de final do campeonato nacional diante do Athletico – na ida, fora de casa, empate em 1 a 1.

O zagueiro estava no Coritiba há dez anos e renovou o vínculo, em julho do ano passado, até dezembro de 2023. Thiago Dombroski foi um dos atletas que esteve presente na última Copa São Paulo de Futebol Júnior, em 2020, competição em que o Coxa chegou até as oitavas-de-final.

Fonte: GE