Recém-chegados aprovam início de trabalho com Ceni

Recém-chegados, o goleiro Sidão, o meio-campista Cícero e os atacantes Neilton e Wellington Nem estão cada vez mais à vontade no Tricolor. O ambiente do grupo, os trabalhos comandados por Rogério Ceni e a período de ajustes nos Estados Unidos facilitaram a adaptação dos reforços, que já se sentem em casa no São Paulo apesar do pouco tempo de clube.

“Foram aproximadamente 20 dias na Flórida, e esse tempo junto com os meus novos companheiros me ajudou bastante porque agora já conheço melhor cada um. Fomos bem recebidos pelo grupo e o clima é bacana no elenco. Sem dúvida isso nos ajudou bastante, e vamos com tudo para estrear no Campeonato Paulista”, afirmou o goleiro Sidão.

Sempre dinâmicas, as atividades do novo treinador também aproximam os atletas e proporcionam maior interação do grupo. “Os treinos exigem bastante, mas também nos aproximam mais. Precisamos contar com todos que estão aqui. A equipe está num caminho bom, e o Rogério teve uma ideia melhor depois da Florida Cup que a gente conquistou”, acrescentou o meio-campista Cícero.

Mesmo para o atacante Wellington Nem, que chegou ao Tricolor no final de 2016, a pré-temporada 2017 tem sido proveitosa para entrosá-lo com os novos companheiros. “Já conhecia o pessoal desde o ano passado, mas sem dúvida este período juntos foi importante para entrosar a equipe. Temos pouco tempo de clube, mas a união do grupo facilita a adaptação”, avaliou o camisa 21, que teve a opinião compartilhada por Neilton.

“Além de aprendermos coisas novas nos treinos, temos aproveitado para conhecer melhor o grupo e o trabalho do Rogério. Ele corrigiu algumas coisas, mostrou como gostaria que o trabalho fosse feito e tentamos seguir as orientações. O começo do ano tem sido bem intenso, e chegaremos preparados para disputar o Campeonato Paulista”, finalizou o atacante.

[SPFC Oficial]