Sampaoli quer continuar no Brasil e está de olho no SPFC

Depois do Flamengo, qual o elenco do futebol brasileiro que mais lhe agrada? Para Jorge Sampaoli, a resposta é São Paulo. Para uma pessoa próxima, o técnico argentino confidenciou que a chegada de no máximo três reforços fariam com que o Tricolor brigasse por qualquer título na temporada, inclusive a Taça Libertadores.

Sampaoli, inclusive, demonstrou vontade de um time comandar o São Paulo por causa da força do grupo, que conta, entre outros, com Daniel Alves, Tiago Volpi, Hernanes, Arboleda, Tchê Tchê…”

Importante: apesar do desejo, não há qualquer negociação entre Tricolor e treinador. O São Paulo divulgou na segunda-feira mensagem em sua conta no Twitter demonstrando satisfação com o trabalho de Fernando Diniz, mesmo diante da falta de resultados – o time é apenas o terceiro em seu grupo no Paulistão.

Na virada do ano, entre as tratativas frustradas com o Palmeiras e o Atlético-MG, Sampaoli chegou a ter seu nome sugerido a um dirigente são-paulino. Mas parou por aí depois de o Tricolor deixar claro que manteria Fernando Diniz para 2020.

O técnico argentino ainda não se reempregou desde que deixou o Santos, em dezembro. Seu nome foi especulado no México e existiu uma proposta oficial da seleção venezuelana, que acabou recusada. Sampaoli acaba de embarcar para a Europa, onde passará alguns dias.

A intenção do ex-comandante santista é fixar residência no Brasil. Recentemente, ele adquiriu uma casa de R$ 6 milhões em Búzios e procurava um apartamento na cidade do Rio de Janeiro.

Fonte: Blog do Nicola /  Yahoo