Sem desfalque como desculpa, SPFC sofre para empatar com CSA

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 X 1 CSA
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 15 de setembro de 2019, domingo
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Éder Alexandre (SC)
VAR: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC)
Cartões amarelos: Alexandre Pato (São Paulo) Jordi, Bruno Alves, Jean Cléber (CSA)

Gol: CSA: Bustamante (9 minutos do 2º tempo); São Paulo: Reinaldo (41 minutos do 2º tempo)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Daniel Alves, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Liziero (Igor Gomes), Tchê Tchê, Hernanes; Antony (Toró), Everton (Alexandre Pato) e Pablo; Técnico: Cuca

CSA: Jordi; Dawhan, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo, João Victor, Euller (Jean Cléber) ; Apodi, Héctor Bustamante (Bruno Alves) e Alecsandro (Safira); Técnico: Argel Fucks

 

BOLA CHEIA

  • REINALDO: A gente critica muito o Reinaldo aqui no site, especialmente por cometer faltas demais e por finalizações horrendas. Mas neste jogo o cara esbanjou empenho, raça, foi quem mais finalizou ao gol, mesmo com Pablo e Pato em campo. O cara não desistia de bola nenhuma e foi quem mais finalizou com perigo a gol. No finzinho, fez o gol de empate em um lance de pura raça, com a bola quase perdida. Se o resto do time tivesse esse empenho em campo, não passaríamos mais esse tipo de vexame (empatar no sufoco, no fim do jogo, contra um time quase rebaixado, dirigido pelo porcolino Argel, mesmo estando com estrelas de Seleção em campo… É vexame sim!).

 

Quem é esse idoso mascarado que tomou o lugar do Antony, hein?

BOLA MURCHA

  • CUCA: Antes a culpa era da maratona de jogos, agora o time só treina a semana inteira; Antes a culpa era dos desfalques, agora ele tem em campo Dani Alves, Pablo, Pato, Hernanes etc.; Agora, a culpa vai ser de quem? Os que estavam fora voltaram, o time tem a semana inteira somente pra treinar tranquilamente, mas na hora do jogo parece todo desorganizado, a quantidade de erros de passes é inacreditável, e ainda sofre para empatar contra um time quase rebaixado que não ganha de ninguém. Aí basta acompanhar os canais de vídeo na internet para ver que a semana inteira é cheia de ações de marketing no CT, muita entrevistinha, muito jogador se emocionando falando da infância pobre pro canal do clube no YouTube e um entra-e-sai frenético do Departamento Médico. Na hora de treinar, é um tal de “campo reduzido” pra cá e pra lá que acaba deixando os jogadores sem treino de bolas longas. A conclusão que se chega é óbvia: o time é mal treinado, os jogadores erram fundamentos básicos de passe e conclusão, se posicionam muito mal em campo, o esquema parece confuso durante o jogo e os resultados estão aí. Raí errou feio ao tirar Aguirre pra colocar Jardine, depois errou feio ao trazer Cuca quando Mancini estava muito bem, mas agora seria um erro muito maior tirar o Cuca. O jeito é aguentar Cuca até o fim do Brasileiro, se contentar com um 6º ou 7º lugar, dizer que tem um “projeto” para 2020, deixar o time sem pré-temporada para algum torneio caça-níqueis nos EUA, contratar reforços machucados e no meio do ano que vem mudar tudo de novo. Cuca é só a ponta do iceberg desse problema.
  • ANTONY: Desde que o SPFC recusou a proposta para Antony ir para a Europa, o jogador não fez mais uma única partida decente. Aliás, a gente não lembra sequer de alguma única jogada que tenha dado certo. Antony hoje é um moleque mascarado, abusa das firulas, perde todas as bolas, não conclui jogada alguma, é um peso morto em campo. A cena mais sintomática desse “novo” Antony foi quando ele soube ia ser substituído: saiu de campo irritado sem nem esperar seu substituto entrar. O fato é que o SPFC recusou a oferta milionária pensando em valorizar o garoto, mas hoje já corre perigo de virar um novo Brenner: joia valiosísisma da Base que virou bijuteria de camelô da 25 de Março.
  • ARBOLEDA: Esse “qualquer-nota” toda hora abandona a defesa para tentar jogadas no ataque, toda hora perde a bola, erra passes e o time sofre para se recompor sem ele nos contra-ataques. E isso estamos falando de um time quase rebaixado! Imagine quando enfrentar Flamengo e Palmeiras, por exemplo… A cena que melhor ilustra a atuação ridícula de Arboleda foi em um ataque em que Hernanes ia subir pra cabecear com boas chances de gol, Arboleda pulou na frente dele, trombou com Hernanes, perdeu a bola e cedeu um contra-ataque. A culpa desse tipo de atuação é 100% de Cuca: se ele mantém Arboleda em campo, é porque aprova esse tipo de atuação; E se Arboleda continua fazendo isso, é porque o técnico não repreende; E se repreende e é ignorado, é porque não tem autoridade. E quem perde com isso é o SPFC.
  • PATO: Desligado, desatento, lerdo, fora de ritmo, fora de sintonia. Alexandre Pato voltou a ser aquele avoado de anos atrás. Atuação ridícula.
  • PABLO: Absolutamente inútil em campo. Todas as chances que teve para finalizar ele chutou de forma horrenda, completamente  sem rumo. Se é pra voltar assim, melhor nem voltar. Fica lá no Reffis até o fim da temporada.