Sem Luciano e Pablo, quem Diniz escalará no ataque na 5ª?

O São Paulo não terá Luciano contra o River Plate, quinta-feira, no Morumbi, em jogo válido pela Libertadores. O reforço tem uma suspensão de três jogos pelo Grêmio, seu ex-clube, por causa de uma briga generalizada em um Gre-Nal antes da paralisação do futebol.

Sem Luciano, o técnico Fernando Diniz ainda não descarta completamente uma possível (e pouco provável) volta de Pablo. O atacante sofreu uma lesão muscular no tronco.

– Eu espero que ele não faça falta. Não dá para pensar no Luciano agora. Quem entrar, ainda não sabemos quem vamos botar, não sabemos se o Pablo tem condições de jogar na quinta. Temos que acreditar que o jogador vai suprir a falta do Luciano. Tivemos ausência do Pablo, do Daniel (Alves). Mexemos no time de uma maneira sistemática de um tempo para cá.

Não dá para pensar em quem não vai jogar. Quero acreditar, e acredito sempre, que quem vai entrar vai nos ajudar a fazer uma grande partida na quinta”, disse Fernando Diniz.

Daniel Alves (fratura no antebraço), Liziero (cirurgia no tornozelo), Walce e Rojas são os desfalques do São Paulo.

Se Pablo não retornar, Diniz tem esses outros atacantes:

  • Brenner, autor de três gols em dez jogos;
  • Paulinho Bóia;
  • Toró;
  • Gonzalo Carneiro;
  • Helinho;
  • Tréllez (não tem sido relacionado por opção da comissão técnica).

O fato é que o Tricolor não terá reforços para agora na Libertadores. O prazo de trocas e inscrição de novos atletas para a fase de grupos terminou. A Conmebol liberou essas mudanças na lista de inscritos após a paralisação do futebol por causa da pandemia de Covid-19.

Portanto, caso contrate algum novo jogador, ele só poderá jogar na competição se o São Paulo avançar para as oitavas de final.

Após dois jogos pelo Grupo D, o São Paulo é o segundo colocado, com três pontos, atrás do River Plate pelo saldo de gols.

Fonte: GE