SPFC cria muito, mas desperdiça demais

A queixa do torcedor é comprovada pelos números: o São Paulo é o time que mais desperdiça chances neste Campeonato Brasileiro. O time do Morumbi lidera as estatísticas de criação de jogadas de perigo. Falta acertar a pontaria.

No scout da TV Globo, as oportunidades são divididas em três grupos: chances reais (quando o time chega à área adversária em condições de finalizar), contra-ataques e escanteios a favor. O Tricolor não é líder em nenhuma, mas aparece bem colocado em todas. Na soma, assume o primeiro lugar do quesito, com 268 chances de gol.

Na derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, por exemplo, há duas rodadas, o São Paulo finalizou 20 vezes ao gol defendido por Victor. Ainda teve 12 escanteios a seu favor. O único gol tricolor saiu em belo chute de Chávez da intermediária, no segundo minuto de partida.

Logo atrás da equipe do Morumbi, que tem 268 chances, aparecem empatados Corinthians e Vitória, com 266. O Atlético-MG, segundo colocado do Brasileirão, é o quarto (258), enquanto o líder Palmeiras mostra ser mais eficiente, aparecendo em sexto, com 245 chances criadas e 35 gols.

A ineficiência são-paulina fica evidente com o número de gols marcados pela equipe na competição. Em 19 rodadas, são apenas 21. Palmeiras (35), Atlético-MG (33) e Santos (32) aparecem bem à frente.

A preocupação em colocar o pé na forma passa pela comissão técnica. Nos últimos treinos, o comandante André Jardine tentou aprimorar a finalização de seus jogadores e pediu mais confiança na definição das jogadas.

Referência no ataque são-paulino, Andrés Chavez tenta melhorar o aproveitamento da equipe na frente do gol. Nos dois jogos em que foi titular, o argentino marcou três vezes e já se igualou a Cueva, Calleri e Kardec na artilharia da equipe neste Brasileirão.

Neste domingo, a tendência é que o Tricolor apresente mais uma vez bom volume de jogo ofensivo. A equipe de Jardine recebe o Botafogo, que está na zona de rebaixamento, no Morumbi. A pontaria estará mais afiada?

[Globo Esporte]