SPFC é eliminado por time da Série C

gilberto160922JUVENTUDE 0 x 1 SÃO PAULO
Local: Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Data/horário: 22/9/16 – às 21h30
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro – MG (FIFA)
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa – MG (ASP-FIFA) e Sidmar dos Santos Meurer – MG (CBF-1)
Público/renda: não disponíveis
Cartões amarelos: Neguete (Juventude); Mena, Gilberto, Luiz Araújo e Lugano (São Paulo)
Gol: Rodrigo Caio, 23’/2ºT (0-1)
JUVENTUDE: Elias, Neguete, Klaus, Micael e Pará; Vacaria (Wanderson – 34’/2ºT), Felipe Lima, Lucas (Wallacer – intervalo) e Bruninho; Roberson e Hugo (Caion – 27’/2ºT). Técnico: Antônio Carlos Zago.
SÃO PAULO: Denis, Bruno, Lugano, Rodrigo Caio e Mena (Carlinhos – 27’/2ºT); Hudson; Kelvin (Luiz Araújo – 4’/2ºT), Wesley (Gilberto – intervalo), Thiago Mendes e Cueva; Chavez. Técnico: Ricardo Gomes.


DENIS: Por incrível que pareça, foi um dos principais nomes do jogo, com duas defesas incríveis – ainda que exagere na quantidade de saídas de bola erradas. Sinceramente, ainda não passa confiança, mas já melhorou demais, é muito sério e esforçado, merece nosso apoio.
CUEVA: Acabou o jogo exausto de tanto correr, de tanto tentar armar jogadas de ataque. Mas como tentar armar alguma jogada se quem recebe a bola é Thiago Mendes, Wesley, Hudson…?!? Aí não tem jogada que termine corretamente. Mas o cara é esforçado demais, busca o jogo toda hora. Se pelo menos tivesse mais gente competente ao seu lado, os resultados seriam outros.


RICARDO GOMES: É um cara boa praça, honesto e sério, mas é treinadorzinho. É técnico pra ganhar experiência com time pequeno (olha só a situação na qual deixou o Botafogo lá no Rio: o time só saiu da Zona de Rebaixamento depois que Gomes foi embora), só faz substituições desastrosas e não sabe aproveitar o potencial de jogadores da reserva. Quando Gomes colocou o tal Gilberto em campo (pra tirar o Wesley que até que estava jogando bem), vimos na hora que o jogo tava perdido. Aí ele ainda põe Luiz Araújo e Carlinhos, pra desandar tudo de vez. Até hoje não entendemos porque não deixaram o André Jardine como técnico, pois é um cara inteligente e ousado que, acima de tudo, CONHECE o elenco. Gomes não parece conhecer as peças que tem e não acerta uma substituição. É impressionante: ser desclassificado por um time da Série C!!! Além do mais, Gomes tá sempre dizendo que o time “tá melhorando” e a gente só coleciona vexames em campo. Viramos piada para os rivais. Pelo amor de Deus, Ceni, acaba logo esse curso na Inglaterra, pois precisamos de você aqui!
GILBERTO: A gente não sabe quem é pior: a besta do dirigente que contratou essa porcaria ou a besta do treinador que o coloca pra jogar. Esse tal de Gilberto não conseguia ser titular nem em um time pequeno nos EUA, mas Gomes coloca o cara em campo em um jogo crucial pra fazer um rol de lambanças. Gilberto parece um trator, atropelou o goleiro adversários duas vezes em lances de atleta de várzea – além de ter feito outras duas finalizações que até o Marco Aurélio Cunha teria pelo menos não mandado a bola pra fora do estádio. Esse Gilberto é ruim, meus amigos, muito ruim de bola. É o tipo de contratação que ninguém consegue entender – a não ser o empresário dele, é claro, que está rindo até hoje sozinho por conseguir encaixar esse “troço” em um clube grande. Enquanto isso, o Rogério… Lembra dele? Tá lá no Nordeste fazendo gols…
vergonha160913ESCADARIA DE IGREJA EM DIA DE PROCISSÃO: Esse é exatamente o SPFC hoje: parece uma escadaria de igreja do interior em dia de procissão… Cheio de PROMESSAS. Tem a “promessa” João Paulo, a “promessa” Luiz Araújo, a “promessa” Júnior, a “promessa” Lyanco, a “promessa” Banguelê, a “promessa” David Neres, a “promessa” Bortoluzzo… É um bando de “promessa” que não resolve bosta nenhuma. Esse Luiz Araújo é tão macarado que deveria jogar com dois uniformes: um pra ele e outro pra máscara que carrega. Toda jogada que podia ser resolvida com um toque rápido ele perde porque quer driblar, enfeitar, fazer firulas… E não resolve merda nenhuma! A torcida apostou nele, chegou a ser chamado de “xodó”, mas dentro de campo é um fiasco. Lyanco e Neres parecem ser os melhores dessa safra, mas dificilmente têm chances maiores, pois Ricardo Gomes prefere apostar nas velhas raposas de sempre: Carlinhos, Wesley, Hudson, Thiago Mendes…
2013 e 2016: Esses dois anos deveriam servir de lição, mas parece que os dirigentes não aprendem. Apequenaram o SPFC com contratações estapafúrdias e brigas de ego políticas internas e foram dois anos marcados pelo fantasma da Série B. Essa gente acabou com aquele SPFC que ganhava Libertadores e transformou-o em um clube mediano, que entra em torneio pra frequentar meio de tabela e brigar pra não cair. A gente olha pro campo e vê Thiago Mendes, Hudson, Carlinhos, Wesley, Gilberto (só pra citar os que jogaram esta partida) e fica pensando: “Meu Deus, o que fizeram com nosso SPFC?!?”