SPFC goleia, dá olé e show no Corinthians

ficha

luiz-araujo_d161105SÃO PAULO 4 x 0 CORINTHIANS
Local:Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 5 de novembro de 2016, sábado; Horário: 19h30 horas (de Brasília)
Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (SE); Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Nadine Schramm Camara Bastos (SC)
Cartões amarelos: SÃO PAULO: João Schimidt, Wesley, Luiz Araújo. CORINTHIANS: Vilson, Romero, Rodriguinho
Público: 53.78 total. Renda: R$ 723.844,00.
GOLS: SÃO PAULO:Cueva, aos 13 minutos do 1T, e David Neres, aos 15, e Chavez, aos 21, e Luiz Araújo, aos 47 minutos do 2T.
SÃO PAULO:Denis; Buffarini, Rodrigo Caio, Maicon e Mena; João Schimidt, Thiago Mendes e Cueva; Kelvin (Luiz Araújo), David Neres (Wesley) e Chavez (Pedro). Técnico:Ricardo Gomes
CORINTHIANS:Cássio; Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel (Guilherme Arana); Willians, Romero, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel (Rildo); Guilherme (Camacho). Técnico: Oswaldo de Oliveira

cheia
RAÇA: O placar marcava 4×0, já passava dos 47’ do segundo tempo, e os caras estavam dando carrinho, brigando pela bola e jogando com comprometimento. Se esse elenco jogasse nos últimos meses com metade da raça que mostrou contra as gaivotas, o SPFC estaria hoje brigando pelo título brasileiro depois de ser campeão da Libertadores. De qualquer modo, alivia a alma deixar as gaivotas de quatro com olé e tudo, além de afastar de vez o rebaixamento e ainda afundar em crise os caras daquele estádio que está desabando. De qualquer modo, vale destacar a atuação de gala de Cueva, de longe — de muito longe! — o melhor em campo. OK, 2016 seu ano maldito, agora você já pode acabar. Neste 5/11/2016 o SPFC lacrou o ano. Chupa, gaivotada!!!

murcha
RICARDO GOMES: Apesar da raça dos jogadores em campo, não podemos nos iludir na parte técnica: o time continua sem esquema e atuando na base do chutão. Maicon tentou 8 lançamentos diretos da defesa pro ataque, errou todos, absolutamente todos, e não tem técnico pra ver que esse tipo de ação prejudica mais do que ajuda o time quando não se tem quem arme as jogadas. Além do mais, parece que ele insiste em tentar consagrar Wesley, colocando esse lixo em campo quando o time está ganhando. O problema é que 30 segundos depois de entrar o tal de Wesley já tomou amarelo por falta violenta e ficou até o fim do jogo como uma barata tonta, sem função nenhuma em campo. OK, o rebaixamento está afastado de vez e essa goleada com olé lavou a alma, mas não adianta continuar com essa comissão técnica e passar 2017 inteiro brigando de novo contra o rebaixamento…

video