SPFC perde pro Grêmio em Porto Alegre


GRÊMIO 1 x 0 SÃO PAULO
Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 24/7/2016 – 16h
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC); Auxiliares: Nadine Schramm Camara (SC) e Helton Nunes (SC)
Público/renda: 37.069 pagantes/R$ 1.459.680,00
Cartões amarelos: Lugano e Thiago Mendes (SAO); Cartões vermelhos: Mena, aos 33’/2ºT (SAO)
Gol: Douglas (7’/2ºT) (1-0)
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Wallace Reis e Iago; Jaílson, Maicon e Douglas (Henrique Almeida, aos 35’/2ºT); Negueba (Kaio, aos 44’/2ºT), Everton (Pedro Rocha, aos 43’/1ºT) e Miller Bolaños. Técnico: Roger Machado.
SÃO PAULO: Denis; Bruno, Lugano, Maicon e Mena; Thiago Mendes, Wesley, Cueva e Michel Bastos; Centurión (Pedro Bortoluzo, aos 32’/2ºT) e Gilberto (Kelvin, aos 18’/2ºT). Técnico: Edgardo Bauza.


MAICON: Um dos poucos sopros de ânimo à torcida nesse esquema retranqueiro de Bauza, Maicon teve outra atuação segura e conseguiu não apenas orientar a defesa, mas até ajudar Lugano, que não tem mais fôlego algum para acompanhar atacantes adversários um pouquinho mais rápidos.
DENIS: Apesar de ter dado dois rebotes bobos, o goleiro fez diversas defesas difíceis e muito importantes durante a partida. Podemos até dizer que ele evitou uma goleada. A gente critica muito o Denis aqui no site, mas sabemos reconhecer quando o cara tem uma boa atuação. Não fosse por ele, o vexame seria imenso.


BAUZA: Que Edgardo Bauza é famoso por ser um técnico retranqueiro, isso a gente já sabia desde o começo. Mas ele foi contratado por causa de seu bom desempenho em mata-mata, tanto que levou o limitado time do SPFC à semifinal da Libertadores. Mas quando o torneio é de pontos corridos e o técnico precisa mostrar consistência de esquema de jogo, o esquema retranqueiro de Bauza começa a funcionar contra o SPFC. A coisa piora ainda mais quando ele teima de maneira quase irracional com um atleta patético (o tal de Centurión) e parece estar com a cabeça muito longe (Buenos Aires talvez?) ao fazer substituições estapafúrdias como nesta partida. Bauza já queimou Rogério no clube e o cara foi pro Nordeste, onde está arrebentando de fazer gols pelo Sport. O fato é que Bauza nunca dava chance pro Rogério porque insistia de maneira “patonlógica” com esse barata-tonta chamado Centurión. Agora, Bauza está queimando Luiz Araújo e até Kelvin por continuar insistindo com Centurión. Daqui a pouco, Bauza vai treinar a Seleção Argentina e é capaz até de convocar Centurión… Enquanto isso, o SPFC continua perdendo jogo atrás de jogo por causa dos esquemas retranqueiros e das teimosias “patonlógicas” de Bauza. Sério, caro torcedor, em 90 minutos desta partida contra o Grêmio o SPFC não fez nenhuma finalização. Nenhuma, zero total! Onde a gente vai chegar com um time que não finaliza NENHUMA bola em 90 minutos? Pra piorar, Bauza tira o único atacante em campo (Gilberto) só pra não ter que tirar Centurión e deixou o time sem NINGUÉM no ataque por 15 minutos no segundo tempo. Ao perceber a merda que fez, ele enfim tirou Centurión aos 32’ do segundo tempo e colocou o garoto Bortoluzzo, que nunca jogou uma partida profissional. Você tá de brincadeira, né, Bauza?!?
CENTURIÓN: A torcida não aguenta mais, nos bastidores a revolta é geral, então porque diabos esse lixo de jogador ainda é titular absoluto com Bauza? Não acerta um único cruzamento, não finaliza nenhuma jogada, não serve pra nada, é inútil, inepto e incompetente. Chega, não aguentamos mais! Fora Centurión! Fora! Fora! Fora!!!
MENA: Desde que voltou da Copa América, Mena não fez mais nenhuma partida que justificasse sua escalação como titular. Péssimo em todos os fundamentos, ele literalmente “deixou” o gremista fazer um gol (simplesmente parou de acompanhar o cara no lance), perdeu uma quantidade inacreditável de bolas fáceis e foi uma absoluta nulidade por aquele lado do campo. Pra completar o show de ruindade, deu um carrinho por trás mesmo já estando com um amarelo e foi expulso, enterrando de vez qualquer chance de reação. Uma atuação ridícula!
CUEVA e KELVIN: Esses são dois jogadores que a gente aposta muito, mas ambos tiveram atuações horríveis contra o Grêmio. Horríveis mesmo. Mas para esses dois a gente dá um bom desconto, pois Cueva entrou na fogueira após tantas saídas de atletas importantes e ainda está se entrosando, enquanto Kelvin volta de lesão grave e está completamente sem ritmo de jogo. Continuamos apostando neles!