SPFC perde pro Grêmio no primeiro jogo da semifinal

 

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 X 0 SÃO PAULO
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data/Horário: 23 de dezembro de 2020 (quarta-feira), às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Michael Correia (RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Gols: 1×0 (Diego Souza, aos 17’2ºT)
Cartões amarelos: Thaciano, Matheus Henrique e Vanderlei (Grêmio), Bruno Alves, Daniel Alves, Gabriel Sara e Reinaldo (São Paulo)

GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel (Rodrigues, aos 34’1ºT), Kannemann e Diogo Barbosa; Matheus Henrique e Darlan (Ferreira, aos 16’2ºT); Thaciano (Lucas Silva, aos 16’2ºT), Jean Pyerre (Everton, aos 37’2ºT) e Pepê; Diego Souza (Churín, aos 37’2ºT). Técnico: Renato Portaluppi.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves (Vitor Bueno, aos 28’2ºT), Arboleda e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Igor Gomes (Toró, aos 40’2ºT) e Gabriel Sara; Luciano (Tchê Tchê, aos 28’2ºT) e Brenner. Técnico: Fernando Diniz. 

 

BOLA CHEIA

  • EMPENHO: Com exceção dos minutos finais, que trouxeram de volta a velha preguiça que tanto irrita a torcida, o time jogou com empenho. O problema foi que alguns atletas-chave estavam em péssima noite. Mas pelo menos obediência tática e empenho não faltaram ― especialmente no primeiro tempo. 

 

BOLA MURCHA

  • BRENNER: Quando chegar em casa e vir pela TV o gol que perdeu, Brenner deveria chamar os companheiros de time e a comissão técnica para pedir desculpas. Não se perde um  gol a 50 cm da linha de gol, sem goleiro.  Simplesmente não dá para perder um gol assim quando se tem R$ 50 milhões de premiação em jogo pela Copa do Brasil. Acorda, Brenner, pois tem gente pedindo passagem.
  • GABRIEL  SARA, IGOR GOMES, REINALDO, BRUNO ALVES: Jogadores que estavam indo muito bem em outras partidas tiveram atuação muito ruim. Vale repetir que não faltou empenho, mas esses quatro em especial ― além de Brenner ― não pareciam acertar nada. Atuação horrorosa.