SPFC só empata com Fluminense após erros de Diego Souza e Sidão

[perfectpullquote align=”full” bordertop=”false” cite=”” link=”” color=”” class=”” size=””]FICHA TÉCNICA[/perfectpullquote]

SÃO PAULO 1 X 1 FLUMINENSE
Local: Morumbi, São Paulo (SP)
Data-Hora: 2/9/2018 – 16h
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA)
Assistentes: Helcio Araujo Neves e Heronildo Freitas da Silva (PA)
Público/renda: 49.348 pagantes/R$ 1.881.675,00
Cartões amarelos: Bruno Peres e Tréllez (SAO), Sornoza e Jadson (FLU)
Cartões vermelhos: Diego Souza, aos 33’/1ºT (SAO)
Gols: Anderson Martins (contra) (8’/2ºT) (0-1), Tréllez (26’/2ºT) (1-1)

SÃO PAULO: Sidão; Bruno Peres, Bruno Alves, Anderson Martins e Edimar (Régis, aos 20’/2ºT); Hudson, Liziero (Luan, aos 33’/2ºT) e Shaylon (Tréllez, aos 8’/2ºT); Joao Rojas, Reinaldo e Diego Souza.
Técnico: Diego Aguirre

FLUMINENSE: Júlio César; Léo, Digão, Ibañez e Ayrton Lucas; Richard, Dodi, Jadson (Júnior Dutra, no intervalo) e Sornoza (Luciano, aos 25’/2ºT); Everaldo e Kayke (Matheus Alessandro, aos 31’/2ºT).
Técnico: Marcelo Oliveira

 

[perfectpullquote align=”full” bordertop=”false” cite=”” link=”” color=”” class=”” size=””]BOLA CHEIA[/perfectpullquote]

  • ROJAS: O cara foi o “motorzinho” do time nos ataques e nos contra-ataques, pois, além de veloz, é ousado e não pipoca em dividida. Muitas bolas quase perdidas viraram jogadas de perigo por causa do empenho e da seriedade do equatoriano. Mais uma boa atuação!
  • TRÉLLEZ: Contrastando com o peso-morto Diego Souza, Tréllez entrou em campo com sangue nos olhos, infernizou o time adversário e fez um gol de velocidade e raça, duas coisas que Diego Souza não tem nem de longe. Tréllez não é craque, mas é veloz, tem muita raça e quase todo jogo que entra faz gol, mesmo que fique pouco tempo em campo. Será que não tá na hora de Aguirre começar a experimentar Tréllez como titular?
  • RÉGIS: Assim como Tréllez, Régis entrou com sangue nos olhos e merece 90% do crédito pelo gol de empate, pois recuperou a bola numa jogada que 99% dos jogadores desistem do lance. Já tá merecendo mais espaço nesse time.

 

[perfectpullquote align=”full” bordertop=”false” cite=”” link=”” color=”” class=”” size=””]BOLA MURCHA[/perfectpullquote]

  • SIDÃO: A gente vive repetindo aqui: enquanto a fase tá boa, as enormes deficiências técnicas de Sidão passam despercebidas. Nesta partida, o SPFC tomou um gol contra por causa do péssimo posicionamento de Sidão, um goleirinho de várzea que peca nos principais fundamentos da posição. Pelo amor de Deus, será que ninguém assiste aos vídeos dos jogos? Será que ninguém vê como ele sai mal na bola aérea, como repõe mal e como se posiciona pior ainda? Vão esperar perder um título por causa das lambanças de Sidão para mandar o cara pra reserva?
  • DIEGO SOUZA: Nos 35 minutos em que esteve em campo, Diego Souza foi um peso-morto pro time, sempre lento, arrastado e reclamão. Mas aí ele conseguiu ser expulso aos 35’ do primeiro tempo por dar uma cotovelada imbecil, no meio do campo, na frente do juiz. Se um moleque da Base faz isso, já teria que tomar multa por prejudicar o time com essa expulsão. Mas um cara experiente, com salário milionário, prejudica o time com uma expulsão de atleta amador e vai ficar tudo por isso mesmo? Era para ser um domingo de festa, 50 mil pessoas no Morumbi, o Fluminense acuado, a liderança do Brasileirão em jogo… Aí um goleirinho medíocre e um atacante peso-morto estragam tudo. Assim não dá!
  • SHAYLON: Ele é fraco como armador de jogadas, fraco no meio, fraco nos passes, fraco no posicionamento, pipoqueiro assumido em divididas e péssimo como “falso atacante”. Para que diabos Shaylon está em campo, afinal?