SPFC tem 4 estreias e vence o Botafogo na abertura do Brasileirão

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 X 0 BOTAFOGO
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 27 de abril de 2019, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Guilherme Camilo (FIFA) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
VAR: Héber Roberto Lopes (SC)
A.VAR 1: Emerson de Almeida (MG)
A.VAR 2: Alessandro Rocha de Matos (FIFA)
Público: 26.533 torcedores
Renda: R$ 1.011.231,00
Cartão Amarelo: Jonathan, João Paulo e Pimpão (Botafogo)
Gols: SÃO PAULO: Everton, aos 40 minutos do 1º tempo, e Hudson, aos 37 minutos do 2º tempo

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Hudson, Tchê Tchê (Vitor Bueno) e Igor Gomes (Hernanes); Antony, Pato (Jonas Toró) e Everton; Técnico: Cuca

BOTAFOGO: Gatito; Marcinho, Carli, Gabriel e Jonathan; Gustavo Bochecha, Wenderson (Luiz Fernando), João Paulo, Cícero e Pimpão (Igor Cássio); Erik; Técnico: Eduardo Barroca

 

BOLA CHEIA

  • TORÓ: Há quanto tempo a gente pede aqui no site o Toró no time principal? Há quanto tempo a torcida pede isso nas redes sociais? Tem muito comentarista de esporte da TV que se acha sabichão mas só emite opinião arrogante e ― no caso daquele desequilibrado mental que todo mundo sabe quem é ― opiniões sensacionalistas, aos berros na TV, com olhos esbugalhados de quem não está em seu juízo normal. Mas quem entende de futebol de verdade é a torcida, que pede uma chance para Toró desde a Copa SP de Juniores de 2018. O moleque entrou e com um minuto em campo já pegou a bola, disparou em direção ao gol adversário e quase fez um golaço. Ele ficou pouco tempo em campo, mas foi o suficiente para infernizar os cariocas e se tornar um dos destaques do jogo ao lado de…
  • ANTONY: Tem muito Zé Mané que critica o cara nas redes sociais porque ele não explodiu como se esperava na final do Paulistão. Mas é o tipo de torcedor modinha que não acompanha o clube mais de perto e se diverte emitindo sempre opinião negativa em redes sociais. Você conhece alguém assim? Nós conhecemos algumas centenas! Mas é preciso ignorar essa gente quando se trata de um moleque que subiu para o time principal há apenas alguns meses (meses, cara, meses!!!) e já se tornou um dos nomes principais da equipe. Além de ter feito uma boa partida, o moleque é muito objetivo nos dribles e fez um cruzamente impecável que merece os créditos de 85% do primeiro gol do SPFC nesta partida. Anotem aí o que vamos dizer: se Antony tiver cabeça boa, ele tem tudo para ser melhor do que o Neymar. Exagero? Veremos daqui a dois anos…

 

BOLA MURCHA

  • COMEÇO DE TEMPORADA: Técnico novo que assumiu o comando do time há poucas semanas e logo no primeiro jogo do campeonato já temos 4 estreias (Pato, Tchê Tchê, Toró e Vitor Bueno). Os reforços estão fora de forma e sem ritmo de jogo, mas é preciso ter paciência tanto com eles quanto com o novo treinador, que está em início de trabalho. OK, agora diga pra gente: o que está errado neste primeiro parágrafo inteiro que escrevemos aí? Simples: são coisas que dizemos em época de pré-temporada, no início do ano. Mas estamos dizendo isso tudo agora, no meio da temporada, com o terceiro treinador dirigindo o time no espaço de poucos meses, jogadores que não entram em forma nunca (alguém pode dizer a verdade sobre Hernanes? Ou é “normal” um atleta desse gabarito estar há quase 5 meses no clube e não conseguir entrar em forma?), reforços que chegam para começar tudo de novo com meio ano de atraso. É lógico que, comparando com a situação que o SPFC estava quatro ou cinco semanas atrás, a melhora é muito grande. Porém, estamos saindo muito atrás dos outros grandes clubes brasileiros por causa do tal do “planejamento”… Precisa falar mais alguma coisa?