SPFC vence Atlético-PR e assume a 3ª posição do Brasileirão

 

FICHA TÉCNICA

São Paulo 1 x 0 Athletico Paranaense
Local: Morumbi, São Paulo (SP)
Dia/Horário: 26 de agosto de 2020, às 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
VAR: Ednilson Corona (SP)
Gols: Luciano (19′ 2T) (1×0)
Cartões amarelos: Igor Vinicius, Reinaldo (São Paulo); Pedrinho (Athletico)

São Paulo – Tiago Volpi; Igor Vinícius, Diego, Léo Reinaldo; Tchê Tchê (Liziero, 47’2T), Daniel Alves (Luan, 34’2T) e Gabriel Sara (Hernanes, Intervalo); Luciano (Igor Gomes, 39’2T), Vitor Bueno (Paulinho Bóia, Intervalo) e Pablo. Técnico: Fernando Diniz.

Athletico – Santos; Khellven, Pedro Henrique, Lucas Halter e Abner; Wellington, Richard (Fernando Canesin, 27’2T) e Léo Cittadini (Lucho González, 20’2T); Geuvânio (Christian, Intervalo), Pedrinho (Jajá, 28’2T) e Bissoli (Vinicius Mingotti, 19’2T). Técnico: Dorival Junior

 

BOLA CHEIA

  • VOLPI, LÉO, LUCIANO e DANI ALVES: É difícil analisar um jogo pelos melhores momentos ― uma vez que uma briga política da Globo com o Presidente da República impediu a transmissão até para o pay-per-view ―, mas os destaques iniciais são mais ou menos os de sempre. Volpi fechou o gol, Léo tem sido uma grata surpresa na defesa, Luciano marcou gol de novo e Dani Alves literalmente comandou o time dentro de campo (já que na beira do campo o time parece não ter comando algum). Mas não dá para ficar animado ainda com um futebol tão ruim.

 

BOLA MURCHA

  • REINALDO e TCHÊ TCHÊ: Mesmo vendo apenas os melhores momentos, é notável como os erros de passes e as finalizações grotescas desses dois se destacam pelo baixíssimo nível técnico. Pelo menos Reinaldo está suspenso e não joga o clássico de domingo. Belo reforço.