SPFC vence Red Bull Bragantino pelo placar mínimo

 

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 X 0 RED BULL BRAGANTINO
Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)
Data/Horário: 12 de abril de 2021 (segunda-feira), às 20h (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse, Daniel Paulo Ziolli e Thiago Duarte Peixoto
VAR: Marcio Henrique de Gois
Cartões Amarelos: Reinaldo, Daniel Alves, Léo, Eder, Luciano (São Paulo), Cuello, Hurtado (Bragantino)
Gols: 1×0 (25’2ºT) Léo Ortiz (contra)

SÃO PAULO: Volpi; Arboleda, Bruno Alves e Léo; Igor Vinicius (Igor Gomes, aos 30’2ºT), Luan, Rodrigo Nestor (Galeano, aos 35’2ºT), Daniel Alves e Reinaldo; Rojas (Luciano, Intervalo) e Pablo (Eder, aos 17’2ºT). Técnico: Hernán Crespo.
RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Fabricio Bruno, Léo Ortiz e Edimar; Raul, Lucas Evangelista (Pedrinho, aos 41’2ºT) e Claudinho; Vitinho (Cuello, Intervalo), Artur (Leandrinho, aos 33’2ºT) e Ytalo (Hurtado, aos 33’2ºT). Técnico: Maurício Barbieri.

 

BOLA CHEIA

  • CRESPO: O time já começa a ficar com a cara de Crespo: mais veloz, mais aguerrido, sem os toquinhos de lado daquele técnico anterior. E os resultados não estão aparecendo gratuitamente: é visível como até o posicionamento e a postura do time em campo estão diferentes. Além disso, Crespo ganhou a simpatia de todos ao se dar ao trabalho de aprender português, coisa que nenhum treinador estrangeiro (sem temporadas trabalhando no Brasil) fez. Mais do que isso: deu outra dinâmica à equipe e parece se encaixar perfeitamente no modo de administrar da nova diretoria, principalmente do presidente Casares. Cracaço como foi em campo, Crespo tem uma visão de jogo excelente e tem feito as substituições certas na hora exata. É um início de trabalho realmente muito promissor.

 

BOLA MURCHA

  • PABLO: Continuando sendo uma peça a menos na equipe enquanto está em campo. Já conseguimos nos livrar de Tchê Tchê, se conseguirmos nos livrar de Pablo e Vitor Bueno a coisa deslancha de vez!