Tchê Tchê, o medíocre intocável: 50 jogos e nunca foi reserva no SPFC

O vexame histórico contra o Mirassol foi o 50º de Tchê Tchê com a camisa do São Paulo. Ele é titular absoluto do time desde que estreou, em 2019, pela primeira rodada do Brasileirão, e nunca ficou  na reserva ― apesar de atuações medíocres como nesta  partida contra o Mirassol. 

O volante somente 3 vezes ao longo dos 50 jogos que fez até agora. Além disso, ficou fora só cinco vezes desde sua primeira partida: cumpriu suspensão em duas rodadas do Brasileirão de 2019 (empate por 1 a 1 com o Atlético-MG, em Minas, e derrota por 3 a 0 para o Grêmio, no Sul) e foi poupado junto com todo o time em três ocasiões (vitória por 2 a 1 sobre o CSA, em 2019, derrota por 1 a 0 para o Botafogo-SP, em 2020, e no último domingo, na vitória por 3 a 1 sobre o Guarani).

É uma marca importante porque pude alcançá-la em pouco tempo de clube, com uma boa sequência, buscando me firmar na equipe…”, disse ele, antes do vexame contra o Mirassol.

Não é fácil se manter em um grande clube, então espero poder seguir trabalhando firme para conquistar grandes objetivos com a camisa do São Paulo – disse o jogador, comprado do Dinamo de Kiev a pedido de Cuca ainda durante o Paulistão do ano passado, competição que ele não jogou por ter sido inscrito após o prazo.

– Eu não gosto de ficar fora, gosto de jogar e ajudar sempre. Fico muito mais nervoso fora… Eu não estava inscrito e não podia estar dentro de campo, mas agora felizmente estou à disposição (risos).

Fonte: Lance