Organizadas fazem protesto diferente

As torcidas  organizadas fizeram uma marcha fúnebre antes da vitória do SPFC contra o poderoso Red Bull Brasil.

A manifestação foi totalmente pacífica e os torcedores vestiram roupas pretas, fizeram silêncio sepulcral durante todo o tempo, e deixaram apenas uma batida instrumental ritmada de um surdo.

Faixas pediam o “São Paulo de volta”, protestavam contra “corrupção”, alertavam para um “São Paulo na UTI” e também reforçavam a idolatria por Rogério Ceni, demitido no meio da temporada passada: “Mito é ídolo”.

Cruzes de madeira também eram empunhadas e caixões carregavam fotos de dirigentes como o presidente Leco, o ex-mandatário Carlos Miguel Aidar e outros diretores da atual e da antiga administração.