Wesley nunca viu técnico que cobra tanto como Ceni

Quem imaginava que Rogério Ceni fosse chegar ao São Paulo sem bagagem para aplicar novos treinos ou cobrar os atletas estava muito enganado. Na primeira atividade comandada pelo técnico no CT da Barra Funda, nesta quarta-feira , o ex-goleiro reclamou muito do desempenho dos atletas e se mostrou irritado com os erros em alguns momentos. Para o volante Wesley, porém, a cobrança do comandante é positiva para o São Paulo fazer um bom papel em 2017.

“Difícil alguém que cobre tanto como ele (risos). O homem cobra porque sabe que só assim a gente vai conseguir os resultados. Faz pouco tempo que ele parou de jogar então ele tem isso aí ainda com ele. Ficamos felizes pela cobrança temos certeza que conseguiremos coisas grandes ainda neste ano”, afirmou o meio-campista.

“O futebol vem evoluindo e a dinâmica vem sendo diferente, não só a nossa, mas de todo mundo. Então quanto mais a gente procurar fazer isso que o professor pede: marcar pressão e não dar espaço vai ser de grande importância para termos sucesso lá na frente”, completou.

No entanto, não são apenas as cobranças de Rogério que tem se destacado. O treinador, apesar de estar comandando seu primeiro clube na carreira, implementa novos modelos de treinamento à cada nova atividade, o que também foi destacado pelos jogadores.

“Durante o período em que joguei na Alemanha, vi alguns treinamentos diferentes e agora estou vendo isso aqui (com o Rogério). Ficamos felizes porque sempre são trabalhos diferentes, até hoje ele não fez nada repetido. Temos tido muito prazer de sair de casa e vir trabalhar porque sabemos que cada treino será diferente, com outra dinâmica”.

[Terra]